Setembro Amarelo: a população de Coruripe não está sozinha

No Setembro Amarelo, mês voltado para a conscientização sobre a prevenção ao suicídio, a Prefeitura de Coruripe faz um alerta a população sobre o tema, que precisa ser discutido seriamente, principalmente em tempos de pandemia e distanciamento social entre as pessoas.

Os motivos podem ser diferentes, mas em muitas situações, com o apoio de familiares e amigos, é possível evitar que pensamentos suicidas cheguem a se concretizar.

É um assunto que precisa ser discutido na sociedade, apesar de ter sido encarado, por muito tempo, como um tema proibido. Entretanto, desde a campanha do Setembro Amarelo iniciada em 2015 e abraçada pela Prefeitura de Coruripe por meio da Secretaria de Assistência Social, aos poucos o assunto foi deixando de ser uma barreira impermeável e as informações pertinentes ao tema começaram a ser compartilhadas e discutidas, permitindo assim que a população, munida de conhecimento, tenha mais condições de se prevenir ou ajudar alguém que esteja precisando.

Em uma situação de vulnerabilidade e pensamentos suicidas, um dos principais remédios para quem está passando por esse momento difícil é falar. A ajuda pode vir de um parente, amigo, colega de trabalho, vizinho, professor ou um profissional capacitado, que pode ser encontrado na Secretaria de Assistência Social de Coruripe.