Coruripe avança de fase no Plano de Distanciamento Social Controlado, mas a prefeitura alerta que a pandemia não acabou

O município de Coruripe entrou na última segunda-feira (17) na fase Amarela do Plano de Distanciamento Social Controlado, a evolução positiva dos números permitiu dar sequência à reabertura econômica, todavia, o sinal de alerta deve permanecer ligado. A luta contra o coronavírus ainda não acabou.
O estado de Alagoas soma 73.701 casos confirmados da doença e 1.774 óbitos causados pela Covid-19. Em Coruripe são 1.366 casos confirmados, 523 sendo monitorados pelos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e 26 mortes.

O que muda na Fase Amarela:

Seguem com funcionamento permitido em CORURIPE
Todos os setores autorizados nas Fases Vermelha e Laranja;
Lojas ou estabelecimentos de rua;
Galerias, centros comerciais e estabelecimentos congêneres;
Templos, igrejas e demais instituições religiosas funcionando com 50% de sua capacidade;
Bares e restaurantes funcionando com 50% de sua capacidade;

Passam a ter funcionamento permitido em CORURIPE

Transporte intermunicipal funcionando com 50% de sua capacidade;
Academias, centro de ginástica com capacidade reduzida em 50%;

Recomendações específicas

PARA BARES E RESTAURANTES

Oferecer o serviço de delivery e Pegue e Leve;
Diminuir a capacidade de público e não permitir que os clientes fiquem em pé durante a consumação;
Trabalhar com agendamentos quando possível;
Adequação para cardápios que não exijam o manuseio;
As calçadas ficam liberadas pela Prefeitura para colaborar com o distanciamento social;
Recomendado uso de EPI alternativo pelos funcionários durante a manipulação dos alimentos;
Dispor de sachês com temperos individuais;
Os buffets e self-services devem oferecer talheres higienizados e em embalagens individuais;
Estabelecer distância entre a equipe de cozinha e, se possível, divisão de turnos.

PARA IGREJAS, TEMPLOS E DEMAIS INSTITUIÇÕES RELIGIOSAS

Disponibilizar cadeiras e bancos para uso individualizado;
Bancos coletivos devem ser reorganizados e demarcados para garantir a distância mínima entre as pessoas;
Espaços destinados à recreação de crianças devem permanecer fechados;
Bloquear dispensadores de água benta ou outro elemento de consagração;

LOJA E ESTABELECIMENTOS DE RUA

Uso de provadores proibidos.

SALÃO DE BELEZA E BARBEARIAS

Atendimento exclusivamente agendado, com intervalo de 30 minutos;
Quadro de funcionários reduzido em 50%;
Higienização de equipamentos e estação de trabalho a cada troca de cliente.
SUPERMERCADO E HOME CENTER

Oferecer o serviço de drive thru;
Reduzir em 50% as vagas de estacionamento;
Monitorar a saúde dos empregados e clientes por meio de aferição de temperatura.

ACADEMIAS E CENTRO DE GINÁSTICA

Limitar a quantidade de clientes que entram na academia, permitindo a ocupação simultânea de um cliente a cada 6,25 metros quadrados;
Delimitar distância mínima de 2 metros entre usuários nas áreas de peso livre e no uso da piscina;
Utilizar apenas 50% dos aparelhos de cárdio;
Restringir o tempo máximo de permanência dos alunos na academia;
Proibidas as atividades em grupos em ambientes fechados e climatizados, tais como, aulas de bicicletas e dança;
Fechar cada área de 2 a 3 vezes ao dia por, pelo menos 30 minutos, para limpeza geral e desinfecção dos ambientes;
Posicionar kits de limpeza em pontos estratégicos das áreas de musculação e peso livre;
Garantir que as piscinas convencionais utilizem sistemas químicos adequados de higienização e tratamento das águas;
Orientar aos clientes sobre a ocupação de cada piscina, que deve respeitar o distanciamento social mínimo indicado de 2m;
Garantir nível de cloro igual ou superior a 0,8 a 3 mg/litro e PH entre 7,2 a 7,8 em cada piscina. Devendo o monitoramento ser realizado a cada 4 horas.

Recomendações gerais

Uso obrigatório de máscaras;
Disponibilização de álcool gel 70%;
Limpeza dos sapatos;
Distância de 2m entre as estações de trabalho;
Marcadores de piso respeitando distância de 1m entre os clientes;
Intensificação de limpeza nos alimentos a cada 2h;
Instruir os funcionários para troca de roupa no início e ao fim do expediente;
Permanece o anteparo de proteção aos caixas embaladores que mantenham contato com o púbico externo;
Proibição de reuniões presenciais com mais de 10 pessoas
Controle do fluxo de pessoas;
Higienização de maquinetas e telefones;
Prioridade de métodos eletrônicos de pagamentos.