Uso de máscara é fundamental no enfretamento à pandemia durante a reabertura das atividades econômicas

O município de Coruripe se encontra na fase laranja do Plano de Distanciamento Social Controlado do Governo do Estado, isso significa uma certa flexibilidade na reabertura gradativa das atividades econômicas.

Porém, até o surgimento de uma vacina contra o vírus Sars-Cov2 (novo coronavírus), os coruripenses devem se conscientizar de que a máscara é de uso indispensável e que veio para ficar. Um item com o qual todos precisam conviver diariamente, e mais ainda nessa fase de reabertura econômica.
“Faço um apelo à população: continuem usando máscaras para se proteger e proteger o próximo, pois o uso adequado pode diminuir o risco de transmissão da Covid-19 para até 1,5%, quando ambas as pessoas em uma conversa a certa distância, estão usando máscaras. Mas, é necessário seguir alguns cuidados durante o uso, como não manusear a parte externa, só colocar e retirar através das alças, lavá-las de imediato após o uso quando for reutilizável, e trocá-las no período correto. Ações como essas podem diminuir a disseminação do vírus em nossa cidade”, destaca o prefeito Joaquim Beltrão.
Um artigo publicado no início do mês de junho pelo The Journal of Hospital Infection, do Reino Unido, constatou que, a depender do tipo de máscara, as taxas de proteção contra o vírus variam entre 44% (máscara de pano) e 99% (modelo N95).

O novo coronavírus já contaminou 1.311 coruripenses e tirou a vida de 25 pessoas, no estado são 68.935 casos e 1.700 mortes. Todavia, nota-se o relaxamento no uso das máscaras por parte da população, principalmente após a abertura gradual de alguns segmentos da economia. É importante destacar que o começo da flexibilização para funcionamento dos serviços não é o fim da pandemia, é necessário continuar com todos os cuidados.