Campanha de Vacinação contra o Sarampo vai até 31 de agosto

A Prefeitura de Coruripe por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) iniciou na última segunda-feira (03), a Campanha de Vacinação contra o Sarampo nas Unidades de Saúde e em Pontos Volantes do município, o objetivo é imunizar todos os coruripenses de 20 a 49 anos com a Tríplice Viral.

Segundo a coordenadora do PNI municipal, Esmeralda Rocha, é importante que a população esteja ciente à vacinação, pois, a campanha nacional contra o sarampo encerrará no dia 31 de agosto. “Com a volta do sarampo no Brasil, aconteceram muitos casos da doença nesta faixa etária, mesmo vacinada. Para o controle e erradicação dele no Brasil, o Ministério da Saúde optou estrategicamente por esta vacinação indiscriminada (independente da situação vacinal), a vacina contra o sarampo salva vidas.”, explicou a Coordenadora.

“Além de estarmos passando pela pandemia do coronavírus, estamos enfrentando a reintrodução do sarampo no nosso país, pretendemos imunizar todos os coruripenses de 20 a 49 anos com a Tríplice Viral. Peço ao povo que garanta sua dose de imunização procurando um dos nossos pontos de vacinação, lembrando que a vacina salva vidas!” enfatizou o prefeito, Joaquim Beltrão.

A vacina é contraindicada para gestantes e pessoas com história de alergia grave (anafilaxia) a neomicina ou a algum dos componentes da vacina.

Sobre o sarampo – Trata-se de uma virose de transmissão respiratória. Seu contágio se dá pelo ar, por meio de tosse, espirros, fala ou respiração. Ele é transmitido na fase em que o doente tem febre alta, mal-estar, coriza, irritação ocular, tosse e falta de apetite e perdura até quatro dias depois do aparecimento das manchas vermelhas, segundo o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz.

Os sintomas mais comuns são febre alta, conjuntivite associada, olhos lacrimejantes e aversão à luminosidade, coriza, vermelhidão pelo corpo, mal-estar e tosse seca persistente. Após três dias de febre alta, em média, surgem as manchas avermelhadas pelo corpo, que duram cerca de 7 a 10 dias. O paciente fica convalescente devido à doença.