Secretaria de Assistência Social realiza oficina com representantes das Comunidades Tradicionais de Coruripe

A Secretaria Municipal de Assistência Social, do Trabalho e da Mulher realizou hoje (16), na Brinquedoteca, uma oficina com representantes das Comunidades Tradicionais de Coruripe – Religiões de Matrizes Africanas.

O momento contou com uma roda de conversa mediada pela especialista em Comunidades Tradicionais da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Pernambuco, Bernadete Lopes, que falou sobre os direitos sociais e ambientais dos integrantes dessas comunidades.

Uma oficina de utensílios biodegradáveis foi realizada com os representantes de 12 terreiros do munícipio, com o objetivo de incentivar o desenvolvimento sustentável e a geração de emprego e renda. Além de uma apresentação sobre o Cadastro Único e Programa Bolsa Família.

As comunidades já foram visitadas anteriormente, mapeadas e devidamente cadastradas no programa do Governo Federal. “É uma ação inédita, pois o CAD Único foi até os terreiros e fez essa busca através da Secretaria de Assistência Social com o apoio da Secretaria de Cultura”, completou a Cientista Social da Secretaria de Cultura, Elis Lopes.

Outras ações estão previstas com as comunidades a partir de janeiro, a exemplo da Caravana de Combate a Intolerância Religiosa, que acontecerá no município em parceria com alguns órgãos.