Secretário de Meio Ambiente de Coruripe e representantes de outros órgãos ambientais realizam sobrevoo em áreas afetadas pelas manchas de óleo

O secretário de Meio Ambiente de Coruripe, José Edson (Edinho), participou na última terça-feira (08) de um sobrevoo nas áreas afetadas pelas manchas de óleo na região sul do estado, juntamente com Ricardo César, coordenador de Gerenciamento Costeiro do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Fernando Pereira, secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Mário Daniel, superintendente do Ibama em Alagoas e comandante Josenias Carvalho, da Capitânias dos Portos.

O principal intuito da ação foi verificar a situação da região e se ainda há manchas de óleo próximas da costa, além de verificar a possível a aproximação do material no Rio São Francisco, que foi descartada durante o sobrevoo e incursão por terra na região.

O grupo não avistou manchas se aproximando da areia, assim como também não observou a presença de manchas significativas nas águas do Rio. Depois do sobrevoo, foi definido em reunião no Palácio do Governo do Estado, que os órgãos seguirão fazendo o monitoramento das praias até o próximo dia 30 de outubro.

“A Prefeitura Municipal de Coruripe retirou das areias de nossas praias cerca 10 toneladas do material, que será encaminhado para o aterro sanitário da cidade do Pilar, onde terá destinação adequada. O IMA realizou diversas análises nesse óleo e detectou que a contaminação é apenas visual, ou seja, a água não está contaminada, não ocasionado risco para a população. Com exceção dos corais do Pontal de Coruripe, onde o óleo fixou e só conseguimos fazer a remoção em partes, os resíduos restantes serão retirados em um trabalho posterior com o apoio da Petrobras e Marinha. Todas as medidas cabíveis estão sendo adotadas pela prefeitura, em parceria com os órgãos competentes. Estamos atentos, monitorando todos os dias as áreas afetadas e disponíveis para quaisquer esclarecimentos por meio do telefone 3273-1693”, enfatizou o secretário de Meio Ambiente José Edson.

Atualizações sobre o caso:

O relatório atualizado pelo Ibama em 07/10 apresenta o registro de ocorrência de 132 pontos afetados em todo o Nordeste.
Segundo o documento, em Alagoas apareceram 14 pontos em 10 municípios: Piaçabuçu, Coruripe, Roteiro, Barra de São Miguel, Marechal Deodoro, Maceió, Paripueira, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe e Japaratinga.