Coruripe sedia reunião do Colegiado Materno-Infantil da 6ª Região

Coruripe, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), sediou nesta quarta-feira (26) uma reunião ordinária do Colegiado Materno-Infantil da 6ª Região da Saúde, que discutiu, entre outras pautas, o fortalecimento da atenção à saúde materno infantil entre os municípios da 6ª região. O evento é promovido pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems) e abrange oito municípios da região sul.

Técnicos, coordenadores e diretores das Secretarias de Saúde de oito municípios participaram do encontro, que aconteceu no Centro Educacional Profissionalizante e Técnico Maria Alice Beltrão de Castro Siqueira.

“Todos os assuntos que envolvem o binômio mãe e filho, tudo que tiver a ver com materno infantil, a gente trata nesse colegiado. Nesta reunião de quarta-feira conversamos sobre a sífilis na gestante e a sífilis congênita que é quando ela atinge o bebê ”, explicou a coordenadora da Vigilância em Saúde Andressa Vasconcelos.

Coruripe é parte do trabalho e fortalecimento do SUS para uma rede de saúde com mais qualidade de vida à população.

O que é sífilis?

A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode apresentar várias manifestações clínicas e diferentes estágios (sífilis primária, secundária, latente e terciária).

Nos estágios primário e secundário da infecção, a possibilidade de transmissão é maior. A sífilis pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada ou para a criança durante a gestação ou parto.
A infecção por sífilis pode colocar em risco não apenas a saúde do adulto, como também pode ser transmitida para o bebê durante a gestação. O acompanhamento das gestantes e parcerias sexuais durante o pré-natal previne a sífilis congênita e é fundamental.

http://saude.gov.br/saude-de-a-z/sifilis