Conheça a importância de descartar corretamente medicamentos vencidos

Os medicamentos que você usa para melhorar os sintomas de algumas doenças ou até mesmo para salvar vidas, podem ser prejudiciais à saúde de outras pessoas e, até mesmo, ao meio ambiente se não forem descartados de forma correta.

Sobras de medicações que não recebem o destino adequado, se usadas por outras pessoas, podem causar reações adversas graves e intoxicações. O Sistema Nacional de Informações Tóxico-Farmacológicas (Sinitox) alerta que os medicamentos estão em primeiro lugar no ranking dos agentes causadores de intoxicações.

O meio ambiente também é muito prejudicado, pois o descarte inadequado de medicamentos pode contaminar a água, o solo e consequentemente os animais. E se essa ação for realizada através do esgoto e pelo lixo comum, pode levar substâncias químicas contidas nessas medicações aos rios e córregos, ocasionando a contaminação da água que usamos para o nosso consumo diário.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Coruripe chama a atenção da população para que o descarte dos medicamentos vencidos e sobras sejam descartados de forma correta. A Farmácia Central, que fica na sede da secretaria, recebe essas medicações, bem como os objetos perfurocortantes, como as agulhas e seringas utilizadas para a administração de insulina.

A prefeitura municipal tem um contrato com a Serquip Alagoas, empresa de tratamento de resíduos responsável por recolher medicamentos vencidos e todo material que não pode ir para o lixo comum das UBSs e da sede da instituição, que garante também que o material entregue pela população tenha o descarte adequado, evitando assim, danos às pessoas e ao meio ambiente.

“Sempre que entregamos na farmácia central medicamentos, seringas e agulhas, orientamos as pessoas para que devolvam os resíduos perfurocortantes usados e medicações vencidas à secretaria, para que possam ter o descarte correto. O secretário de Saúde, Everaldo Viera Neto, expandiu o contrato com a empresa que já faz esse recolhimento em nossa sede e agora, todas as unidades de saúde receberão equipamentos para que esses materiais sejam armazenados até o dia da Serquip realizar o recolhimento nessas unidades. O objetivo dessa ação é facilitar o descarte para as pessoas que moram longe de nossa sede e uma forma também de incentivá-las a devolver esse material que pode causar muitos danos”, enfatizou a farmacêutica da Coordenação de Assistência Farmacêutica, da SMS, Maria Tereza Raquel.

Seguem algumas dicas para efetuar o descarte adequado:

1. Verifique com frequência a data de vencimento dos medicamentos que você tem em casa;
2. Separe os remédios vencidos, como por exemplo pomadas, cartelas de comprimidos, vidros de xarope, spray, etc. e mantenha-os longe do alcance de crianças;
3. Dirija-se ao ponto de coleta mais próximo de sua casa e entregue os medicamentos ao farmacêutico responsável;
4. Se você tem agulhas ou lancetas usadas no tratamento de diabetes ou outras doenças, junte-as em um recipiente rígido (garrafa Pet ou lata, por exemplo), lacre-o e leve-o até a unidade básica de saúde mais próxima de sua casa.

Pontos de Devolução
Medicamentos vencidos e objetos hospitalares perfurocortantes
Secretaria Municipal de Saúde
Rua da Oliveira, nº 41 – Centro
Todas as Unidades Básicas de Saúde

Fontes:
https://www.pfizer.com.br/noticias/Descarte-correto-de-medicamentos-tamb%C3%A9m-salva-vida
https://drauziovarella.uol.com.br/geral/onde-descartar-os-medicamentos-vencidos