Hemorede Coruripe chama a atenção para importância da doação de sangue através da campanha “Junho Vermelho”

Há três anos o mês de junho foi eleito com a cor vermelha, para lembrar a população da importância da doação de sangue. A escolha não foi por acaso, já que em 14 de junho celebra-se o Dia Mundial do Doador de Sangue – data estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2004.

Neste período do ano, o país experimenta a queda das temperaturas e, em seguida, as férias, que provocam uma baixa de comparecimento de doadores: os estoques de sangue caem, em média, 30%. Por isso a campanha é intensificada neste período.

A Hemorede Coruripe é ligada ao Hemocentro – AL e vem intensificando durante todo o mês de junho a campanha de conscientização sobre a importância da doação de sangue no município. No Dia Mundial do Doador de Sangue a Hemorede realizou um dia diferenciado para os doadores que compareceram, com palestras e uma comemoração com direito a lanche.

A assistente social da Hemorede, Paloma Clemente, explica como funciona a instituição no município. “Nós trabalhamos na Unidade de Coleta e Transfusão de Coruripe (UCT), onde coletamos o sangue e encaminhamos para o Hemocentro de Maceió, lá são realizados os testes e todo o procedimento para que o material possa ser usado”. Ela explicou ainda que a maioria das pessoas que doam em Coruripe são para repor o sangue que foi ou que será utilizado por algum familiar ou conhecido em cirurgias no Hospital do município, porém é necessário que mais voluntários compareçam à Unidade para manter sempre o estoque abastecido.

Priscila Barbosa, enfermeira da UCT falou sobre as dúvidas em relação à doação. “Existem muitos mitos referentes à doação de sangue, então antes da coleta o doador passa por uma conversa com nossos profissionais para que todas as dúvidas sejam sanadas. É muito importante que os interessados em realizar esse ato de amor ao próximo compareçam a Unidade para esclarecer todas as dúvidas”, concluiu a enfermeira.

Segue abaixo os requisitos básicos para quem deseja ser doador: Estar em boas condições gerais de saúde; estar descansado; ter entre 16* e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feito até os 60 anos de idade; pesar mais de 50 kg; estar alimentado. É importante ter feito uma alimentação saudável antes da doação, por isso evite alimentos gordurosos e, após o almoço, aguarde 2 horas para doar; portar documento oficial com foto; respeitar o intervalo mínimo entre as doações e manter um estilo de vida saudável e não ter comportamento de risco.

Serviço:

Hemorede – UCT Coruripe

Rua Vereador Edgar Cassiano dos Santos

Próximo a UPA 24h