Projeto Direitos Humanos em Pauta leva palestras e rodas de conversa aos alunos da rede municipal de ensino de Coruripe

O Ministério Público de Alagoas, por meio da Promotoria de Justiça de Coruripe e da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Educação realizou na manhã de hoje (28), no ginásio poliesportivo da Escola de Educação Básica Cláudio Daniel Gama Amorin o projeto “Direitos Humanos em Pauta” – Cidadania nas Escolas.

O projeto que foi criado pelo        Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos do Ministério Público do Estado de Alagoas tem o objetivo de discutir nas escolas temáticas como: Prevenção do Álcool e Drogas, Direitos da Criança e do Idoso, Abuso Sexual, Bulling e Violência Doméstica e Familiar. O momento contou com palestras, rodas de conversa e distribuição de panfletos educativos, além da apresentação do cantor e aluno da Escola Cláudio Daniel, Edelmo Nicolas, do Encantus Ballet, da escola anfitriã e da Banda de Música, José Azevedo Vasconcelos, da secretaria de Cultura regida pelo maestro Geraldo Roque.

Cerca de 600 alunos de 11 escolas da rede pública de ensino participaram do evento que contou ainda com as presenças de professores, coordenadores e gestores das escolas, além de profissionais da área da saúde, assistência social e conselheiros tutelares. Participou do evento também o prefeito Joaquim Beltrão, a vice-prefeita Dra. Dalva Edith, as promotoras de justiça de Coruripe, Ilza Torres e Gilcele Dâmaso, a promotora e coordenadora do Projeto Direitos Humanos em Pauta, Marluce Falcão, os promotores convidados, Dalva Tenório e Marllisson Andrade, o secretário de Educação, Artur da Rocha, a presidente do Conselho do Idoso,Margarida Clarck e a coordenadora do CREAS Coruripe, Elitânia Vasconcelos.

“Estamos levando esse projeto para vários municípios de Alagoas e o intuito é aproximar o Ministério Público e suas ações da comunidade. Através desse projeto abordamos nas escolas temáticas muito importantes para o desenvolvimento das nossas crianças e adolescentes, plantamos a sementinha para que possam disseminar por onde passarem”, enfatizou a coordenadora do projeto, Marluce Falcão.

“Gostaria de agradecer a todos pela promoção desse evento tão rico de informações em se tratando de conhecimento sobre os Direitos Humanos. Essa parceria do Ministério Público com a prefeitura e sociedade civil é muito válida, pois ao aproximarmos essas instituições os resultados para o cidadão através dos trabalhos desenvolvidos em conjunto são excelentes”, disse o prefeito.