Coruripe comemora 125 anos de emancipação política

Ontem (16), a cidade de Coruripe completou 125 anos de emancipação política e a Prefeitura Municipal preparou um dia inteiro de programação para os coruripenses na Praça Castro Azevedo. Começando às 5h da manhã com a salva de fogos, o alvorecer musical e a Corrida da Emancipação que já se tornaram tradição. Ainda pela manhã o hasteamento das bandeiras e os parabéns à cidade reuniram autoridades, alunos e a comunidade na praça.

Centenas de pessoas saíram de suas casas para prestigiar o desfile cívico, que este ano teve como tema: Alagoas 200 anos, sua história, sua cultura e sua gente. O evento contou ainda com a presença de diversas autoridades, entre elas o prefeito Joaquim Beltrão, a vice-prefeita Drª Dalva Edith, o prefeito de Junqueiro, Carlos Augusto e a primeira dama Vânia Marinho, os secretários municipais, os vereadores da cidade, o pároco do município, Padre Ednaldo Santos, o pároco de Pindorama, Padre Oliveira além da comunidade em geral.

O dia de comemorações foi encerrado com a inauguração do ginásio poliesportivo da Escola de Educação Básica Nelson de Araújo Lessa, que contou também com a final da Copa de Futsal da Emancipação. “O dia de hoje foi belíssimo, prestigiamos os talentos da nossa terra e isso realmente não tem preço. Dedico esse dia aos coruripenses que fazem da nossa cidade a mais alegre e acolhedora que já conheci.” Disse a vice-prefeita, Dra. Dalva Edith.

“É uma imensa alegria fazer parte de um momento tão especial para Coruripe. Sou grato a Deus por me dar o discernimento necessário para conduzir nossa cidade em meio a tantos desafios. Desejo que continuemos sempre assim, evoluindo a cada dia”, finalizou o prefeito.

Um pouco da história de Coruripe

Os índios antropófagos Caetés foram seus primeiros habitantes, o local também sofreu influências culturais dos portugueses e holandeses. O rio Coruripe, chamado Cururuji pelos Caetés, originou o nome do município.

Nascida à povoação de Coruripe em consequência da elevação de uma capela e localizada num vale muito próspero, começou a ter desenvolvimento maior do que o da vila de Poxim, a que estava subordinada. Coruripe começou a se desenvolver e prosperar em meados do século XIX.

A vila de Coruripe foi criada pela Lei nº 484 de 23 de julho de 1866, para o qual passou a sede do município, com a denominação de Coruripe. Foi desmembrado do seu município apenas o povoado de Poxim, porém, em 1891, foi novamente anexado a Coruripe pela resolução nº 393 de 31 de maio de 1904 e partilhado, também, entre os municípios de São Miguel dos Campos e Junqueiro.