Seminário discute o combate ao trabalho infantil em Coruripe

A Secretaria Municipal de Assistência Social, do Trabalho e da Mulher promoveu hoje (03), em Pindorama um seminário para discutir o combate ao trabalho infantil no município. Cerca de 70 pessoas participaram do evento que contou com o tema: Rede de proteção no combate ao trabalho infantil no município de Coruripe.

Três palestras foram ministradas pra ilustrar melhor a temática, a Assistente Social, Wildima Alcântara e a Enfermeira, Amanda Rafaela, ambas da Secretaria de Saúde falaram sobre as repercussões do trabalho infantil na saúde da criança. A Coordenadora de Educação Especial no Município, Elisângela de Castro Santos, abordou a temática: Rede de proteção no combate ao Trabalho infantil e a Assistente Social e Mestre em Serviço Social, Karina Duarte, falou sobre a gestão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), no SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

A ação teve como objetivo também, fortalecer a rede de proteção no município, em parceria com a Secretaria de Saúde e Educação. Foram expostos os projetos que cada uma desenvolve, a fim de envolver as crianças em práticas sociais para combater a exploração. “Esse seminário é um momento marcante de reflexão sobre a problemática do trabalho infantil e a união entre o poder público e a sociedade é o caminho para erradicar essa prática criminosa”. Disse a secretária de Assistência Social, Verônica Rocha.

“Lá atrás iniciamos o trabalho de assistência social em Coruripe e hoje temos uma rede articulada e preparada para atuar nas mais diferentes vertentes da área. Esse seminário é mais um exemplo de que, quando nos unimos a tendência é um melhor resultado”. Falou a vice-prefeita, Dra. Dalva Edith.

Prestigiaram o evento a vice-prefeita, Dra. Dalva Dalva Edith, Secretário de Saúde Yvan Beltrão, Secretário de Governo, Maykon Beltrão, Secretário de Apoio e Desenvolvimento de Pindorama, Tiles Henrique, Secretária de Cultura, Thereza Beltrão, o vereador Zé da Ni, o vereador Eliezer a presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), Dayse Uchôa, a conselheira tutelar, Erijane Castro, além de profissionais da Saúde, Educação e Assistência Social.